[Valid Atom 1.0] [Valid RSS] Rabiscos de Eva: Daniel, você é o cara! É um homem do Bem!

10 de março de 2017

Daniel, você é o cara! É um homem do Bem!


As coisas não parecem tranquilas para Daniel, no BBB17. Separado dos participantes com quem tem mais afinidade no jogo, o grandão vive o desafio de partilhar o Lado Mexicano da casa com a adorável Emilly, a sister que ele votou para deixar o programa na falsa eliminação da última segunda, 6/3. Em conversa com Rômulo pelo muro, o paulista ouviu a opinião do diplomata de que ele “não estaria feliz” do Lado Mexicano, o que não foi negado pelo próprio.
Procurada pelo Gshow, a irmã de Dani, Lílian Branco, revela os motivos que acredita que estão afetando o agente de trânsito no jogo. Segundo ela, Daniel estaria sentindo falta da convivência com Roberta e Vivian: “Ele nunca negou o sentimento dele pelas duas. “Ele não é falso e nem é obrigado a gostar de ninguém. Mas as pessoas não entendem isso”, conclui Lílian".
Espero que ele retorne para o lado americano, um lugar bem mais leve, menos baixo astral, onde não ficará mais sendo criticado e mal avaliado por Ilmar e Marcos, além de acusado pelo primeiro de ser X9. Claro que tudo isso pelas costas! Mas, não é fofoca nem maledicência, apenas análises comportamentais, pois o trio maravilha nunca faz fofoca... São tudo de bom! Gente absolutamente do bem e sem falhas.
Ter que suportar a pelintra sempre de cara amarrada ou ter que aturar as sucessivas brigas de casal fake, seguidas do resfolegar e gritos da ruidosa fornicação que os dois praticam todas as noites, é preciso ter estômago de paquiderme! 
Nesta manhã, conversando com Mari, Dani disse que dormiu muito mal à noite. Ela indagou por que ele está com insônia, se era o colchão. Dani respondeu com todas as letras: é o local. Claro, além da fornicação ruidosa, tem as contínuas drs, sem o mínimo respeito pelo sono dos demais. Pior agora que a periguete se sente a primeira dama, a poderosa, a que pode tudo!. 
Durante a madrugada de quarta, 8/3, Dani teve uma DR com a ninfetinha de periferia a respeito de seu voto para que a gaúcha deixasse a casa. O agente de trânsito ficou mal ao ouvir da biscaque ele votou para tirá-la do programa. Após a discussão, Daniel se reuniu com Marinalva e abriu o coração dizendo que chegou a pensar em desistir do programa: “Eu até pensei em pedir para sair. Esse tipo de coisa me deixa muito triste”, confidenciou o paulista. Que ambiente trevoso! A abominável sirigaita só o chamou porque não havia mais ninguém com quem pudesse contar. Dani está num ninho de cobras traiçoeiras. Imagino como ele se sentiria se soubesse o que Ilmar tem falado dele pelas costas, lançando dúvidas sobre sua honestidade e caráter. Rotulá-lo de X9 é uma indignidade, é falta de respeito com um homem humilde, sem o nível de instrução dos demais, mas que só tem dado provas de integridade moral, de generosidade, além de merecer nota mil em convivência. Gosto muito de Daniel, desde o início do programa. Ele nunca me decepcionou com baixarias. Alguns dizem que ele é Planta! Como? Ele é bem ativo, já ganhou duas provas de Anjo e duas lideranças, ajuda em todas as tarefas domésticas, participa das festas como um dos mais animados, fez parte da Banda Confination, foi monstro com a maior boa vontade. O que querem mais? Dani, você é um cara medalha de ouro! Je t´aime, mon cher ami!
Estes dias entre os mexicanos está sendo uma prova de fogo extenuante para esse homem simples, não acostumado com o que vê rolar no tenso lado mexicano, no qual ele não se sente bem-vindo, acolhido e parte do grupo. É punk! 
Lílian acredita que tenha sido um pensamento momentâneo do irmão: “Ele falou isso pois estava muito triste na hora. Foi depois que ele percebeu que a Emilly não o perdoou. Mas eu conheço a personalidade do meu irmão. Ele não desiste das cosias fácil”, comenta. Oh! Santo Cristo! Que importa que essa doida varrida não o tenha perdoado? Ela não consegue perdoar nem a si emsma pelas barbaridades cruéis que fez com a própria mãe moribunda... Sai dessa, Dani! Manda às favas essa doente, cujo caráter e dignidade já morreram desde a época em que era apenas uma adolescente que dizia às coleguinhas de colégio que a mãe era a empregada da casa, por ter vergonha da coitada. 
A irmã de Daniel revela ainda que o irmão tem o pavio bem mais curto do que aparenta no jogo: “Ele está se segurando muito. Ele não tem papas na língua e é bem mais explosivo do que vem demonstrando na casa. Ele fala mesmo”, conta.
Mari também não sai das conversinhas maledicentes de Mamão e Marcos, coadjuvados pela peguete. Ontem ela foi rotulada de grosseira por causa de uma brincadeira que fez, na hora do almoço. Claro que tricotaram pelas costas! Só que Mari não engole sapo. Inclusive, ela teve um rápido bate-boca com a pelintra que tentou fazer piadinha acerca da votação. Mari respondeu na lata que não usava coleira, que ninguém a induz a votar em quem ela não queira. Lacrou!
Depois de receber a coroa de Rei da Bagaça, a peguete tentou sugerir nomes para ele indicar. Deu-se mal: Marcos falou com todas as letras para ela - Quando você teve a sua liderança, eu não interferi!” Não mesmo? O cara apossou-se da cama do líder e achou lindo Daniel dormir no chão, sobre um cobertor. Melecou os lençóis, o edredom, em vez de se levantarem para lavarem-se, após as seguidas fornicações Como não interferiu? Fez Dani de palhaço, levou até piadinha de Tiago. Metia-se na conversa sobre a indicação, dando palpites, se fazendo de conselheiro... Claro que a pirralha vai fazê-lo indicar quem ela queira, como fez com o colar do anjo, não salvando Ilmar para fazer a vontade da safadenha que, naquela data, detestava Mamão. Aí, foi aquela ridicularia que se viu. Como não tinha uma justificativa plausível para indicar o amigo ameaçado, saiu-se com aquela porca justificativa, se fazendo de vítima e, também, de magnânimo perdoando Ilmar, mas dando o colar para Rômulo. Foi podreeeee!
Ali ninguém é amigo de ninguém, são apenas competidores. Talvez, Ilmar seja amigo de Marcos. Certeza, não tenho, Tadinho!
Em tempo: Rômulo ganhou a prova do Anjo! Muito merecido! 

Postar um comentário